Copyright © 2019 | Atré Comunicação Personalizada

Projeto “Concertos AF”, da Aliança Francesa de Florianópolis, realiza nova apresentação no TAC

24/5/2017


Música de câmara é destaque na apresentação que ocorre no dia 01 de junho. A entrada é gratuita
 


Com o tema “Trois Trios” (três trios), o Concertos AF, realizado pela Aliança Francesa de Florianópolis, realiza mais uma apresentação gratuita no dia 1º de junho, às 20h, Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), em Florianópolis.

 

O destaque do concerto será a música de câmara, com interpretações de obras de três grandes nomes da música: Mozart, Svoboda e Mendelssohn, pelos músicos  Ricardo Müller (violino),  Adriana Jarvis (piano) e Hans Twtchel (violoncelo) - estes últimos integrantes do conjunto americano Avery Ensemble.

 

Uma boa novidade do Concertos AF - Trois Trios é que o evento contará com um sistema de audiodescrição através de rádio FM. Para ter acesso ao recurso, deficientes visuais só precisam levar um rádio FM com fones de ouvido. Os ingressos serão distribuídos a partir das 19h na bilheteria do TAC. 

 

 


O projeto Concertos AF 2017 é uma realização da Aliança Francesa de Florianópolis, Ministério da Cultura e Governo Federal. Conta com patrocínio da Engie Brasil Energia, através da Lei de Incentivo à Cultura. Apoio: Associação Catarinense para Integração do Cego, Fundação Catarinense de Cultura, Governo do Estado de Santa Catarina. Coordenação: Marte Inovação Cultural


Sobre o programa da noite


O surgimento do trio para piano, violino e violoncelo se deu no final do século XVIII, período também conhecido como Classicismo, que foi palco  de importantes transformações na história da música.


Uma dessas transformações foi a substituição do cravo pelo piano, instrumento que possibilitava contrastes mais marcantes de dinâmica; além disso a música feita somente com instrumentos passou a ter a supremacia sobre a música vocal, e a antiga sonata barroca para violino e baixo contínuo – uma forma de acompanhamento improvisado e executado geralmente por instrumentos como o cravo e o violoncelo – deu lugar ao trio, no qual o piano e o violoncelo não têm mais apenas a função de acompanhantes, mas também são solistas ao lado do violino.

 

Não somente no final do século XVIII, mas também nas décadas seguintes e até o séc. XXI, vários compositores escreveram para essa mesma formação, retomando ideais e características estilísticas do período clássico. Neste concerto serão apresentados o Trio No. 4 em Mi maior K 542, composto em 1788 pelo austríaco Wolfgang Amadeus Mozart; a Passacaglia e Fuga Op.87 do compositor de origem tcheca Tomáš Svoboda, compostos em 1978-1981, e o Trio No. 2 em Dó menor, op.66, composto em 1845 pelo compositor alemão Felix Mendelssohn.  (Professor Marcos Holler - UDESC/CEART)


Programa

W. A. Mozart             Trio No. 4 in E major, K 542            
Allegro
Andante grazioso
Allegro

T. Svoboda       Passacaglia and Fugue, Op.87        
Passacaglia – Allegro
Fugue – Molto vivace

F. Mendelssohn        Trio No. 2 in C minor, Op.66  
Allegro energico e con fuoco
Andante espressivo

SCHERZO – Molto allegro quasi presto

FINALE – Allegro appassionato

 

Serviço
O quê: Concertos AF - “trois trios”
Quando: 01/06/2017
Local: Teatro Álvaro de Carvalho (TAC) - Rua Marechal Guilherme, 26 - centro
Horário: 20h
Ingressos:  entrada gratuita, com retirada a partir das 19h na bilheteria do TAC. 
Informações: www.affloripa.com.br ou 3222 8925

 

Please reload

Casa de Apoio Colibri e ALPA serão beneficiadas com ações do novo Fort Atacadista, em Lages

13/11/2019

1/26
Please reload

Please reload