top of page
Buscar

GND apresenta as vantagens da construção modular na CASACOR SC

Projeto que reproduz apartamento de futuro residencial no bairro Cacupé é um dos destaques da mostra


Um residencial com uma fachada viva que se integra à paisagem local e a poucos passos do mais bonito pôr do sol de Florianópolis. Assim será o Passeio do Mar, a primeira construção residencial multifamiliar modular de alto padrão do Brasil, que será construída pela GND Incorporadora no bairro Cacupé. O empreendimento ainda está em fase de pré-lançamento, mas é possível conhecer as áreas de convivência de uma de suas unidades durante a CASACOR SC, que ocorre até o dia 30 de outubro na Escola Silveira de Souza, na região central da capital catarinense.

Para esta edição do tradicional evento de decoração, o escritório Vitorino Kokowise Arquitetos convidou a GND para uma parceria e apresenta a área social de um apartamento modular que, posteriormente, será integrado ao residencial. O ambiente foi elaborado no exato molde do empreendimento, em conjunto com a VISIA Construção Modular e a Arcelor Mittal, por meio da Perfilor.



O espaço projetado revela um living aconchegante, que recebe de forma acolhedora e surge como um ponto de desaceleração da correria do cotidiano. Para este ambiente, o escritório explorou a biofilia através do uso de materiais naturais e vegetação para oferecer bem-estar, além de iluminação sensorial nas áreas de estar e difusa nas áreas de tarefa sobre as bancadas da cozinha, de modo integrado ao design da marcenaria. “Foi pensado para pessoas modernas, que apreciam compartilhar experiências do dia a dia com a família e amigos. Trouxemos um protagonismo para a cozinha, confirmando um ambiente com caráter social e não de serviço, onde todos se reúnem e brindam bons momentos da vida. A integração com a sala de jantar e estar proporciona uma generosa área de confraternização integrada, junto a uma ampla varanda gourmet”, detalha o arquiteto Lucas Vitorino, um dos responsáveis pela assinatura do ambiente.


Esta é a primeira vez que o escritório trabalha com tecnologia modular, e teve total liberdade – e espaço – para criar. Os módulos elaborados pela VISIA, empresa parceira da GND na construção do futuro lançamento no Cacupé, tem uma rigorosa padronização e robustez estrutural, o que proporciona uma flexibilidade projetual maior, com pé direito alto e grandes vãos livres de sete metros de extensão. Além da qualidade do material, o sistema de módulos agilizou a conclusão do projeto, proporcionou uma obra 100% seca (com menor consumo de água) e com uma redução drástica de geração de resíduos, acompanhando a premissa de sustentabilidade de todo o projeto do residencial Passeio do Mar.


Boa parte do ambiente foi revestida com madeira maciça cumaru com certificação e com sete camadas de verniz de fábrica, sem a necessidade de lixação e pintura após instalação, explica Vitorino. Em uma parede de grande destaque visual, foi aplicado um revestimento de fragmentos de pedras ornamentais cuja cor é da própria pedra, portanto sem adição de corantes artificiais. O espaço se completa com grandes aberturas em esquadrias de alta performance em alumínio e vidro laminado com película refletiva inibidora de raios UV, que proporcionam a entrada da luz natural em abundância e conforto térmico.


O ambiente em exposição também conta com parte do projeto paisagístico elaborado pelo escritório Ana Trevisan Espaços Vivos, que também será responsável pelo projeto paisagístico do futuro empreendimento. Originalmente, o residencial terá uma fachada verde com espécies nativas e adaptadas e vegetação variada, com florescer em diferentes épocas do ano. “Quando a gente ativa uma fachada, não está ativando pela beleza, mas pela sua função no ecossistema local. Todos os outros organismos que frequentam a natureza estarão ali também”, ressalta a arquiteta e paisagista Ana Trevisan.


Situado a cerca de 10 quilômetros do centro de Florianópolis, o Passeio do Mar ficará de frente para uma praça, que será revitalizada pela GND. “Este empreendimento já está alinhado com o futuro da arquitetura e da construção civil. É um caminho sem volta e que deve crescer ano após ano. Além disso, faz-se essencial o cuidado com a paisagem natural do entorno e, no Passeio do Mar, apoiaremos a revitalização dos espaços de convivência, a preservação e o plantio de árvores nativas, respeitando o verde e a beleza do deste bairro tão especial”, ressalta Eduardo Deboni, CEO da incorporadora. O espaço também receberá playground, pet place e horta comunitária. Mais informações sobre o Passeio do Mar estão disponíveis no site do futuro empreendimento: www.passeiodomar.com.br.


Sobre a GND Incorporadora

Com 22 anos de experiência no mercado da construção civil, a GND Incorporadora tem sedes em Santa Catarina e Rio Grande do Sul e destaca-se por projetos de condomínios-boutique de alto padrão, construídos com tecnologias sustentáveis, privilegiando a exclusividade, a inovação, a preservação da natureza e o estímulo à qualidade de vida. Os empreendimentos da incorporadora coordenada pela família Deboni são chancelados com certificações e selos ambientais nacionais e internacionais e adotam medidas conscientes no uso de água, energia e na geração de resíduos. A GND trabalha em colaboração com parceiros multidisciplinares, sempre buscando gerar benefícios socioeconômicos às comunidades e regiões onde cada empreendimento está inserido.


Sobre Vitorino Kokowise - arquitetura de interiores

Escritório de arquitetura contemporânea situado em Florianópolis. Seus projetos retratam o tempo em que vivemos, explorando os potenciais naturais de cada local para valorizar os espaços. O escritório executa projetos de arquitetura e interiores, de modo a proporcionar satisfação, bem-estar e autoestima através de uma arquitetura funcional e com design apurado.


Sobre Ana Trevisan Espaços Vivos - paisagismo

O escritório Ana Trevisan é adepto da arquitetura viva e acredita que os ambientes conectados com a natureza melhoram a qualidade de vida das pessoas, além de construírem boas memórias em espaços livres. Sua essência está na crença de que os espaços externos e jardins devem resgatar a identidade das pessoas em que estão inseridos e integrar o meio de forma natural e harmônica, criando uma simbiose entre as pessoas e a natureza. Sua principal motivação é transformar os meios e as paisagens com a intenção de criar um lugar para as pessoas viverem as suas histórias regadas de boas memórias.

Comments


bottom of page