top of page
Buscar

Meraki Sunset: residencial será integrado à paisagem de Florianópolis

Valorizando a preservação de recursos naturais, projeto contará com telhado verde e uso de placas solares




A conexão com a natureza é o ponto de partida do novo projeto do grupo CBA Empreendimentos em Florianópolis. Em breve, o bairro João Paulo ganhará um residencial de luxo, com cada detalhe pensado para se integrar à paisagem da Ilha. O Meraki Sunset, lançado em julho deste ano, terá apenas 33 unidades, todas com vista eterna para a baía e o pôr do sol. Além disso, o condomínio também dedicará atenção especial à região, com espaços para instalação de estabelecimentos comerciais.

O projeto arquitetônico é assinado pelo escritório Ruschel Arquitetura e Urbanismo, coordenado pela arquiteta e urbanista Marília Ruschel, que é referência quando se pensa em empreendimentos de alto padrão no Estado. A própria arquiteta mora no bairro João Paulo desde 1992 e conhece bem a vida local. “Aqui é um lugar incrível, a Mata Atlântica é exuberante, estamos em área urbana, mas escutamos o mar, o cantar do passáros e o vento batendo na vegetação, o bairro é muito seguro. As tradições e a cultura da Ilha são preservadas, pois temos muitos moradores nativos. A concepção do projeto levou isso em conta, para que converse com essa realidade local”, descreve Marília.

A arquiteta explica que a proposta conceitual do Meraki Sunset é de conexão com a rua, para promoção da vida urbana, e de conexão com a natureza, valorizando a vista panorâmica que alcança a Serra do Mar. “A implantação priorizou a criação de uma praça central de convivência na interligação entre as torres, configurada como o coração do projeto. A praça é envolvida por jardins que se estendem, em diferentes níveis, até a praia de águas calmas, adequada para esportes náuticos e para a pesca”, cita a profissional.

Desde o projeto até a execução, tudo foi pensado para minimizar os impactos ao meio ambiente. Para isso, também foi prevista a construção escalonada, acompanhando o relevo do terreno, com disposição em semicírculo, garantindo que todas as unidades tenham vista para o mar. O Meraki Sunset terá ainda o uso consciente de energia, com amplas aberturas, permitindo maior tempo de iluminação natural e ventilação cruzada, o que torna a temperatura ambiente agradável o ano inteiro, além de instalação de placas fotovoltaicas para captação de energia solar.

No Meraki Sunset, os materiais naturais estarão em evidência, em harmonia com o entorno, com concreto, madeira e esquadrias que configuram em amplas aberturas envidraçadas valorizadas pela vegetação. Brises amadeirados oferecerão conforto térmico e visual ao controlarem a incidência solar. Para os acabamentos, a escolha foi por piso porcelanato com aparência de concreto, enquanto na área externa o piso será de cacão basalto.

Na fachada frontal, lojas térreas, sentadeiras e passeios sombreados foram a escolha para estimular uma vida urbana dinâmica, atraente e segura. Na lateral da edificação, uma “janela urbana” revelará o visual do mar para quem transita pela calçada em frente. “No interior do empreendimento, um lugar de paz, para acalmar corpo, mente e alma em reconexão com a natureza do toque na areia ao som dos pássaros e uma praia para chamar de sua”, resume Marília.

De origem grega, o termo Meraki conceitua a discrição, zelo, cuidado e dedicação que uma pessoa adiciona às suas tarefas, fazendo-as com a alma. “É mais do que apenas construir um trabalho pela satisfação de sua conclusão. É aplicar criatividade, paixão e energia em sua essência”, reforça Vinicius Cruz, diretor geral da CBA.

As unidades terão de 135m² a 360m² cada, a um valor médio de R$ 20 mil o metro quadrado. Ou seja, imóveis de alta qualidade em localização privilegiada: com contato direto com a natureza e de fácil acesso ao Centro, Norte da Ilha e Lagoa da Conceição.




Ligação com o mar e a rua

A natureza ao redor foi inspiração para a arquiteta Juliana Castro, que assina o projeto paisagístico do Meraki Sunset, seguindo uma linha bastante tropical, com muitas folhas e cores, e priorizando a vegetação nativa da região, que já é bastante arborizada. “O empreendimento abraça a paisagem e revela traços dessa ligação com o mar. Foi tudo pensado para que os moradores possam sentir como se estivessem em uma montanha debruçada sobre as águas, preservando as características do próprio terreno e valorizando a apreciação do pôr do sol. A vista revela uma fusão da montanha com o mar muito bonita”, descreve Juliana. O residencial terá fácil acesso à baía para chegada e saída de embarcações particulares.

As plantas escolhidas manterão os traços da flora original, incluindo árvores da Mata Atlântica, e estarão presentes mesmo nas áreas com maior volume de construção, incluindo um pequeno gramado sobre as lajes que farão conexão com o salão de festas, até a conexão do prédio com a rua. Também será implantado um telhado verde, de 895,32 metros quadrados, que abrigará uma variedade de espécies. “Aqui há um tratamento paisagístico pensado na gentileza urbana, em devolver para a cidade o mesmo cuidado que se tem dentro da unidade privativa”, observa Juliana. O passeio público em frente ao residencial terá uma fachada viva e árvores frondosas.

A previsão é de que o Meraki Sunset comece a ser construído em janeiro de 2024.


Sobre a CBA

Desde 2019, o grupo gaúcho CBA Empreendimentos escolheu Florianópolis para chamar de lar, expandindo sua atuação no território catarinense. Em 2022, inaugurou seu escritório no bairro Jurerê, marcando de vez seu endereço na capital brasileira com maior qualidade de vida, segundo o Ranking do Índice de Desenvolvimento Humano divulgado pelo Atlas Brasil. Em breve, a incorporadora deve anunciar o lançamento de novos residenciais de alto padrão em regiões estratégicas de Florianópolis, com projetos do arquiteto Leo Maia, reconhecido nacionalmente por sua atuação em empreendimentos em cidades como São Paulo e Balneário Camboriú. Além disso, o grupo lançará nos próximos meses um condomínio com cerca de 800 unidades no Norte da Ilha. O empreendimento é assinado pela Viva Corp, braço da CBA focado em projetos de alto padrão construtivo, mas com valores de primeiro imóvel.

Comments


bottom of page