Dias de debate e cultura no Parque Ambiental Tractebel

Até domingo (08), uma série de atividades culturais estão programadas dentro do projeto “Cultura no Parque”. Produção cultural da região também será discutida em busca de fortalecimento.

A semana será de programação diversificada no Parque Ambiental Tractebel com mais atividades do projeto “Cultura no Parque”, na cidade de Capivari de Baixo (SC). Na agenda, apresentações folclóricas, que visam resgatar a história da região; performances de dança; encenações teatrais para entreter toda a família; e debates que trazem à tona temas como a economia criativa na região. Para quem está buscando um aperfeiçoamento na área cultural a opção é o workshop ''Contando Histórias”, que reúne técnicas da narrativa para fortalecer a comunicação entre as pessoas. Todas as atividades que integram a programação são gratuitas.

O “Cultura no Parque” é uma realização da Associação Jorge Lacerda, com patrocínio da Tractebel Energia, por meio da Lei de Incentivo à Cultura; Apoio Parque Ambiental Tractebel, Incentive Projetos e Eventos e Marte Inovação Cultural.

Confira a programação completa:

Data: 05/11/2015 – Quinta-feira

- O quê: Teatro Encantado com o espetáculo “Árvores que falam”

- Horário: 9h30

- Sinopse: Desde os primórdios, a humanidade tem utilizado as árvores em seu benefício. Em algumas culturas elas são personagens das histórias para transmitir costumes, lendas e as tradições de seus povos. A delicadeza da natureza é revelada com poemas de Manoel de Barros, no qual ouvir histórias é se relacionar com este universo mágico e encantador, e entender a importância vital da natureza em nosso planeta.

- O quê: Debate – “Economia Criativa” - Horário: 14h

- Mediador: Silvana Silva de Souza

- Sinopse: O debate terá como tema a cultura, a arte e a criatividade como meios de produção econômica, quais são os caminhos da cultura em Santa Catarina e como a arte pode ser uma ferramenta para o desenvolvimento da economia, contribuindo para a profissionalização do mercado, seus agentes e ampliando campos de atuação. O debate será dividido em dois momentos com os seguintes temas "Os caminhos da cultura em Santa Catarina e na Região da Amurel" e "A arte como ferramenta de desenvolvimento da economia regional", e contará com a participação de importantes nomes no setor da economia criativa.

Data: 06/11/2015 – Sexta-feira

- O quê: Espetáculo – Contos da Terra

- Horário: 9h

- Sinopse: O espetáculo Contos da Terra ecoa nos corações, onde homens e bichos falam a mesma língua para resgatar valores humanos e mostrar que na natureza tudo está conectado. As “belezuras” dessa terra são trazidas através de histórias, versos e prosas, ritmos populares e cantos. O espetáculo mostra que tudo é sagrado e que se a Terra é Mãe, nós somos todos irmãos. Classificação: livre.

- O quê: Workshop ''Contando Histórias''

- Horário: 19h

- Sinopse: Ministrado por Silvana Silva de Souza, o workshop destina-se a todas as pessoas que desejam aprender um pouco mais sobre as técnicas da narrativa e como utilizá-las como instrumento de comunicação em diferentes áreas.

Data: 07/11/2015 - Sábado

- O quê: Espetáculo – Lendas Indígenas ''Daqui e de Outros Lás''

- Horário: 16h

- Sinopse: Um cesto que guarda segredos, um apito e um maracá. Assim se apresenta "Lendas Indígenas daqui e de outros lás" com contos baseados na tradição oral dos povos indígenas. Os mistérios de como surgiu a noite, do lindo pássaro azul e de como prender o fogo são desvendados neste espetáculo. Classificação: livre.

- O quê: Dança e Folclore - Espetáculo: Sementes Africanas

- Horário: 20h

- Sinopse: Sementes Africanas apresenta histórias da tradição popular africana com elementos da música e dança. Inspirado nas matrizes da cultura africana, é um caminho para o reconhecimento e valorização desta importante herança presente na identidade do povo brasileiro. Participação especial do Grupo Caxambu de Dança e percussão Afro brasileira.

Data: 08/11/2015 - domingo

- O quê: Espetáculo teatral Boi Encantado

- Horário: 16h

- Sinopse: Inspirado no folguedo do boi-de-mamão, o ato folclórico é acompanhado pela música ao vivo e traz a preocupação com a sustentabilidade. O boi reciclado de rabinho empinado mexe-se de um lado para o outro enquanto o público de todas as idades se diverte. Vem brincar porque o boi vai passar! Classificação: livre. Este espetáculo será apresentado na área externa do Parque.

Copyright © 2019 | Atré Comunicação Personalizada