top of page
Buscar

Liberta Investimentos anuncia conta internacional


A operação da conta internacional, por meio da XP Investimentos, é focada no mercado americano e prevê gerenciar 150 milhões de dólares até 2023

O mercado financeiro global está todo atento às movimentações americanas, isso porque dentro do universo de ações, os Estados Unidos, que possui o maior mercado acionário do mundo, representa mais de 60% do total, segundo dados apontados pela Federação Mundial de Bolsas de Valores (World Federation Exchanges). Ao encontro dessa movimentação expressiva do mercado americano, a Liberta Investimentos anuncia a quebra de fronteiras e abre a tão aguardada conta internacional para clientes brasileiros, através da XP Investimentos. Com a novidade, a Liberta Investimentos espera gerenciar 150 milhões de dólares até 2023.

Para Leandro Ruschel, sócio-fundador da Liberta Investimentos e especialista em alocação de patrimônio em Bolsas e produtos financeiros dos EUA, essa opção de diversificação é uma excelente oportunidade para os brasileiros investirem dinheiro fora do Brasil, de forma simplificada e segura. “Os Estados Unidos possui a maior economia do mundo, abriga grandes empresas e acaba ditando a economia global como um todo. Essa nova possibilidade da Liberta Investimentos aproxima agora os brasileiros dessa potência que é o mercado americano”, comenta Ruschel.


Acesso às maiores empresas do mundo

A conta internacional da Liberta Investimentos irá possibilitar o acesso às maiores empresas do mundo, como Apple, Tesla, Amazon, entre outras. De acordo com dados da Bloomberg e da XP, a Apple é hoje a maior empresa do planeta, vale mais de US$ 2,5 trilhões, ou seja, é aproximadamente três vezes maior que a soma de todas as empresas brasileiras listadas em bolsa.

Conforme levantamento feito pela Liberta Global - uma empresa de educação financeira voltada para o ensino de mercados globais, situada em Miami - os Estados Unidos tem a economia mais forte do mundo e apresentam o Produto Interno Bruto (PIB) mais alto. Em relação ao mercado global, eles representam mais de 20% de toda a riqueza — enquanto o Brasil se mantém próximo de 1%.


“Quando se fala sobre a força da economia dos Estados Unidos, o tamanho do mercado não é o único aspecto importante. Também há o fato de ser um país com consumo acentuado e com muito incentivo ao empreendedorismo. Assim, é de se esperar que a produção do local seja mais sólida e que as empresas consigam se recuperar melhor diante de crises, por exemplo. Toda a complexidade da economia americana beneficia os investidores e especuladores no mercado. Afinal, existem inúmeros negócios alcançando resultados positivos e movimentando as bolsas de valores. Todo o mundo está de olho neste mercado financeiro”, enfatiza Ruschel.


Invista no maior mercado do mundo

A modalidade de conta internacional será liberada de forma gradual e para quem já tem uma conta Liberta Investimentos aqui no Brasil pode solicitar a habilitação da conta internacional pelo próprio aplicativo ou site da Liberta. O processo de abertura da conta é célere e seguro, assim como o assessoramento nos investimentos que serão feitos. “Agora a Liberta abre essa opção, tão esperada por muitos investidores, sem deixar de preservar toda a qualidade e segurança já oferecidas aos seus clientes que investem aqui no Brasil. A Liberta vai instruir sobre as melhores movimentações do mercado americano, assim como dar todo o suporte sobre a plataforma, sobre conversão da moeda, sempre baseado em muito estudo e experiência”, finaliza Ruschel.

Sobre a Liberta Investimentos

A Liberta Investimentos está há 21 anos no mercado, possui mais de 15 mil clientes investidores e mais de R$ 3,7 bilhões de reais assessorados. Possui nomes de referência no mercado como Fernando Ulrich, Leandro Ruschel e Alexandre Wolwacz (conhecido como Stormer). Sua matriz está localizada em Porto Alegre, e as filiais em Balneário Camboriú (SC),Campo Bom, Pelotas e São Sebastião do Caí, todas no Rio Grande do Sul; Campinas e Lençóis Paulista, ambas no estado de São Paulo.

Comments


bottom of page